SÉRIE ESCÓCIA: PARTE IV: TURISMO



Fazer turismo na Escócia é fácil e difícil ao mesmo tempo. Como assim? Eu explico:

É fácil porque cada canto tem um ponto turístico. É só ficar parada e mover a cabeça que verá vários prédios, estátuas, museus e castelos.

E difícil porque isso acontece no país inteiro e quem viaja por um período curto não tem a oportunidade de conhecer tudo (isso aconteceu comigo). E não se pode mensurar o que é melhor para conhecer. Com 30 mil lagos, cadeias de montanhas, rios, 700 ilhas, florestas e muitos castelos, tudo é importante, lindo e tem história na Escócia.

E não é só o antigo que prevalece. Há o contraste entre o antigo e a arquitetura moderna, principalmente na arquitetura das pontes em todo país.
Não é à toa que vários filmes usam a Escócia como locação e diversos autores escrevem suas estórias se passando nesse país.

Abaixo vou descrever alguns desses pontos turísticos e mostrar o motivo para você conhecer a Escócia:


  • EDIMBURGO
Resultado de imagem para edimburgo

Edimburgo é a capital e a segunda maior cidade da Escócia, depois de Glasgow. É uma cidade fria e com muito vento, com temperatura média anual de 8,3ºC.

Seu centro histórico é dividido pela Old Town (cidade velha) e a New Town (cidade nova), que é nova somente no nome, já que a expansão foi em 1766.

A Old Town preserva a estrutura medieval e localiza-se nessa parte da cidade o Castelo de Edimburgo, o Museu Real da Escócia, a Catedral St. Giles, o Palácio Holyrood e a Royal Miles.


Em New Town localizam-se os bancos e as grandes lojas comerciais, entre elas as H&M, Marks & Spencer, TK Maxx e a Primark.

Entre as duas partes da cidade está a estação de trem Waverley, a principal de Edimburgo e a mais movimentada da Escócia. A estação parece um mini shopping com lojas, lanchonetes, caixas eletrônicos e mercado.

Seus principais pontos turísticos são:


>Castelo de Edimburgo

Resultado de imagem para castelo de edimburgo
Está localizado no alto do Castle Rock, que é um rochedo formado por um vulcão extinto há mais de 340 milhões de anos. Dessa forma pode ser visto de diversos lugares da cidade e a melhor visão é a noite, quando está todo iluminado.

É um dos mais importantes castelos do país e segunda atração turística mais visitada, recebendo em média um milhão de pessoas por ano que podem ver as joias da Coroa Escocesa, a Capela de Santa Margarida, as prisões militares do final do século XVIII.

Em agosto, durante três semanas se realiza na praça em frente ao Portão de Armas do Castelo o Edinburgh Military Tatoo, famosa parada militar conhecida em todo o mundo.


Resultado de imagem para museu real da escócia

>Museu Real da Escócia

Contém vários artefatos da Geologia, Arqueologia, História Natural, Ciências, Tecnologia e Arte, além do corpo embalsamado da Ovelha Dolly, o primeiro mamífero clonado. Pode-se ver também uma parte da coleção pessoal do cantor Elton John que foi doada ao museu.



>Catedral St. Giles

Resultado de imagem para catedral de st giles



É a catedral da Igreja da Escócia e considerada a Igreja Matriz do Presbiterianismo. Sua torre pode ser vista de qualquer ponto mais alto da cidade.






>Palácio Holyroodhouse


Resultado de imagem para palácio de holyroodhouse

É a residência oficial da Rainha Elizabeth II em Edimburgo. O palácio está quase sempre aberto para visitação, exceto em dias em que a Rainha ou outro membro da realeza esteja no palácio, dessa forma é recomendável verificar no site oficial antes de visita-lo. A visita leva em torno de uma hora.

Também faz parte da visita o Abadia de Holyrood, apesar de estar em ruínas, mas por anos foi onde aconteciam os casamentos, batizados e coroações dos reis e rainhas da Escócia.

No período do verão pode-se visitar os jardins do palácio. Nas outras estações poderá ser visto apenas pela janela da sala dos retratos.


Na lateral esquerda, mais ao fundo do palácio, mas com acesso só pelo lado externo, fica o Queen Mary’s Bath House, que era a casinha onde a Rainha Mary tomava seus banhos, que reza a lenda era com vinho branco.


A Queen's Gallery foi inaugurada pela Rainha em 29 de novembro de 2002 como parte das celebrações do seu Jubileu de Ouro. É onde estão uma pequena parte dos objetos, obras de arte e mobiliários da Coleção Real. Pode-se fazer a visita em conjunto com o palácio ou separado.




>Royal Miles


Imagem relacionada

É a principal via do centro histórico de Edimburgo, que liga o Castelo ao Palácio de Holyrood, cada um ocupando um extremo da rua. Nela se localizam edifícios históricos, atrações turísticas, restaurantes e lojas de souvenirs. 

Pode-se ver performance de artistas, inclusive de escoceses vestidos com kilts tocando gaita de foles e personagens famosos do cinema. Claro que não pude deixar de registrar esses encontros.



  • GLASGOW
Imagem relacionada

Glasgow é a maior cidade da Europa e um lugar cheio de atrativos turísticos. É uma cidade mais moderna, com maior comércio e muitas opções de pubs e bares. Tem pontos interessantes como George Square, a Catedral, a Galeria de Arte Moderna, além dos parques e jardins, e de pontes ao longo do Rio Clyde. 

Alguns dos pontos turísticos de Glasgow são:


>George Square

Resultado de imagem para george square em glasgow
É a principal praça de Glasgow e referência para os passeios turísticos. Dominando a Praça está o Palácio Glasgow City Chambers e ao centro um monumento em homenagem ao autor Walter Scott. Próximo localizam-se as principais áreas comerciais da cidade e inúmeros restaurantes, bares e pubs.

Próximo também está situado o principal polo cultural da cidade, destacando o The Theatre Royal, o Pavillon, o Glasgow Royal Concert Hall e o King’s Theatre.


>Glasgow City Chambers

Resultado de imagem para glasgow city chambers
Sede do Conselho Municipal de Glasgow desde 1996 é um exemplo eminente da arquitetura cívica vitoriana, o edifício foi o projeto de uma competição vencido pelo arquiteto escocês William Young e foi construído entre 1882 e 1888.

Inaugurado em agosto de 1888 pela Rainha Victoria, a primeira reunião do conselho foi realizada dentro das câmaras em outubro de 1889. O edifício originalmente tinha uma área de 5.016 metros quadrados. Em 1923, uma extensão para o lado leste do prédio em John Street foi inaugurada e, em 1984, o Exchange House em foi completado, aumentando o tamanho do complexo para cerca de 14 mil metros quadrados.


>Catedral de Glasgow 


Resultado de imagem para catedral de glasgow

Fundada no século 12, foi um importante centro de peregrinação da Idade Média. Sua origem foi católica, mas atualmente é presbiteriana. Com arquitetura gótica, possui lindos vitrais e interior escuro, o que lhe dá um ar misterioso. Arcos góticos atraem o olhar para seu teto de madeira a 32 metros de altura. O coro de pedra maciça ilustra os 7 pecados capitais, o que o torna impressionante.

No subsolo, entre os arcos encontra-se o túmulo de Saint Kentigern ou São Mungo, como é mais conhecido o padroeiro de Glasgow. No brasão da cidade encontram-se os símbolos do santo, que são: um pássaro, uma árvore, um sino e um peixe com um anel. Segundo uma lenda popular, São Musgo encontrou o anel da rainha na barriga de um peixe, protegendo-a da ira de seu marido, e


>Kelvingrove Art Gallery and Museum

Resultado de imagem para Kelvingrove Art Gallery and Museum
É uma das atrações mais populares da Escócia e possui uma das melhores coleções de armas e armaduras do mundo, além de uma vasta coleção sobre história natural.

Em sua coleção de arte estão obras de grandes mestres impressionistas franceses, da Renascença Holandesa, Coloristas escoceses e a pintura "Cristo de São João da Cruz", de Salvador Dalí.


>Jardim Botânico

Resultado de imagem para Jardim Botânico de glasgow

Fundado em 1817, possui mais de 20 hectares de jardins, bosques com trilhas e estufas com vários exemplares de plantas do mundo, como a enorme Kibble Palace que cultiva as plantas de clima temperado.



>Glasgow Science Center


Resultado de imagem para Glasgow Science Center

Inaugurado no ano de 2001, proporciona variados tipos de atividades e para todas as idades, como shows, workshops, um cinema IMAX, experimentos em tempo real no Live Lab e um planetário para explorar as maravilhas do céu noturno. Não tem como se entediar nesse lugar.


  • STIRLING
Resultado de imagem para stirling

Stirling é uma antiga cidade medieval que cresceu em torno do castelo. No século XIV ocorreu nessa cidade a Batalha da Ponte de Stirling que foi o tema principal do filme Coração Valente com Mel Gibson.

No século XIV, outra batalha ocorreu nas planícies de Stirling entre escoceses e ingleses. A Batalha de Bannockburn comandada por Robert Bruce.

Ambas as batalhas estão mencionadas na Série Escócia: História.

Como a cidade fica próxima de Edimburgo e de Glasgow, pode ficar hospedados numa dessas duas cidades e passar o dia passeando por Stirling. Pode-se chegar em Stirling de trem e fazer os passeios a pé ou ir de carro ou até mesmo em um tour (há várias empresas de turismo que oferecem esse roteiro. Você pode solicitar indicação na recepção do hotel, caso não queira comprar com antecedência.

Os pontos turísticos de Stirling são:


>Castelo de Stirling:

Resultado de imagem para castelo de stirling escócia
Assim como o Castelo de Edimburgo, o Castelo de Stirling foi erguido no alto de uma montanha vulcânica, proporcionando melhor proteção e observação.
É o segundo castelo mais visitado da Escócia e foi tão importante que dizem que quem tinha a posse desse castelo tinha a posse de toda Escócia.

Foi nesse castelo que muitos monarcas escoceses foram coroados, inclusive a Rainha Mary da Escócia.

No Pátio está a estátua de Robert Bruce. 
Na visitação estão incluídos o Grande Salão, a Capela Real e os jardins.


>Igreja de St. Rude
Resultado de imagem para Igreja St Rude em stirling

A Igreja de Santa Rude está localizada ao lado do Castelo de Stirling e data do século XV. Era frequentada pela Rainha Mary da Escócia e seu fiho James VI foi coroado nessa igreja.




>Bannockburn Heritage Centre


Resultado de imagem para bannockburn heritage centre

O tour para conhecer mais sobre uma das batalhas mais importantes da Escócia começa com um filme que descreve os fatos que ocorreram. Depois pode-se ver as roupas, armas e ecudos usados.



>Monumento Wallace

Resultado de imagem para monumento wallace
Em outra colina da cidade, a Abbey Craig, está o Monumento Wallace, uma torre de 67m em homenagem ao herói William Wallace.

No primeiro está o Salão das Armas, que mostra o contexto histórico da Batalha da Ponte de Stirling, e estão expostos as armas e bandeiras dos clãs que participaram da Batalha da Ponte de Stirling.

No segundo andar está o Salão dos Heróis, com bustos dos heróis escoceses, incluindo as 14 Heroínas Escocesas, mulheres que com suas dedicações, bondade, criatividade e bondade ajudaram a Escócia. Também estão expostos cartas e a impressionante espada de Wallace, com 1,63m e 3 quilos e que é o símbolo da coragem e habilidade de seu dono.

No terceiro andar está o Salão Real, com a exposição de fatos por trás da construção do monumento

E no andar da Coroa pode-se observar a paisagem onde ocorreram as batalhas.


  • HIGHLANDS
Resultado de imagem para highlands scotland

As Terras Altas são a zona montanhosa do norte da Escócia e sua capital é Inverness. Até o século XVIII, as Terras Altas caracterizavam-se por um sistema feudal de famílias - os famosos clãs escoceses.

língua gaélica escocesa é atualmente falada apenas em algumas regiões das Terras Altas.

Sua paisagem é de tirar o folego, com um as montanhas recortadas pelo mar. As maiores histórias de aventuras e lendas de monstros, fadas e fantasias são dessa região escocesa.

E nas Highlands residem os ilustres Highlander Bull, aqueles bois cabeludos.
Abaixo algumas das cidades mais visitadas:


>Inverness


Resultado de imagem para inverness
Capital da Highlands, as famosas Terras Altas Escocesas, Inverness é uma cidade pequena, mas importante, pois carrega o título da quinta cidade mais importante da Escócia.

A cidade é cortada pelo Rio Ness e possui 3 pontes, inclusive uma para pedestres passarem de um lado ao outro. Do lado esquerdo pode-se visitar o Bought Park e a estufa Foral Hall.

A High Street é a principal rua de comércio da cidade, com lojas de produtos típicos, restaurantes e pubs. Ao percorrer a rua, pode-se encontrar músicos vestidos com os trajes típicos.


Resultado de imagem para Culloden
Há 8 km de Inverness localiza-se Culloden, onde em 1746 ocorreu a maior batalha entre escoceses e ingleses (fato já mencionado nessa série). No local pode-se ver as tumbas dos diversos clãs escoceses que participaram da batalha, além da Pedra de Cumberland e o Memorial Cairn. No verão são feitas encenações recriando a batalha.


Resultado de imagem para Inverness Castle

E obviamente, inverness também tem um castelo, o Inverness Castle, que infelizmente não está aberto ao público. Pode-se passear pelos seus jardins e admirar a vista da cidade, já que o castelo está localizado no alto de uma colina. 



Inverness também é ponto de partida para vários lugares das Highlands. Ao visitar o local, prepare-se para o frio, pois está mais próximo dos árticos, e principalmente, prepare-se para as emoções de conhecer as paisagens mais lindas do mundo.


>Castelo Urqhuart


Resultado de imagem para castelo urquhart

Próximo de Inverness, é um dos mais famosos castelos da Escócia. Localiza-se as margens do não menos famoso Lago Ness, com uma vista privilegiada do lago.

No século XIII o castelo foi doado a família Durward e posteriormente tomado pelos MadDonalds. Nos séculos seguintes sofreu vários ataques até ser totalmente danificado.

As visitas ao castelo são orientadas pelo Centro de Informação e sua história contada no Centro Histórico.


>Glencoe


Resultado de imagem para Glencoe
É um vale com paisagens consideradas as mais espetaculares e lindas do mundo, com florestas, lagos e montanhas. Todos que o conhecem falam que sentem uma magia acontecendo ao chegar no vale.

Infelizmente nessa paisagem encantada ocorreu o maior massacre da história da Escócia em 13 de fevereiro de 1692, onde 38 membros do clã MacDonalds foram mortos por seus hóspedes, por terem demorado a jurar lealdade aos monarcas William e Mary. E mais de 40 mulheres e crianças morreram de hipotermia depois que suas casas foram queimadas.


>Glen Navis


Resultado de imagem para glen nevis

O vale onde está localizada a montanha mais alta do Reino Unido, o Monte Ben Navis, com 1344 metros de altura.


>Fort William
Resultado de imagem para fort william

É a segunda maior cidade das Highlands e um importante centro turístico, pois atrai tanto as pessoas que querem escalar o Ben Navis como as que querem aproveitar um passeio a beira do lago.

É de Fort William que parte o Jacobite Steam Train, aquele que aparece nos filmes de Harry Potter.


>Jacobite Steam Train

Resultado de imagem para jacobite steam train
Trem do tipo maria-fumaça que faz o percurso de 66 km com duração de 2 horas entre Fort Willian a Mallaig, ou seja, liga as Highlands as Ilhas da Costa Oeste.
Seu trajeto é entre rios, lagos, viadutos, tuneis, vales e montanhas. E o momento mais aguardado é quando passa pelo viaduto Glenfinnan, que também aparece nos filmes do Harry Potter.


>Castelo de Eilean Donan

O Castelo mais bonito da Escócia fica em uma ilha no oeste das Highlands, próximo à Vila de Dornie e da Ilha de Skye. Originalmente, no século XIII foi construído como defesa contra os vikings e depois tornou-se a fortaleza do Clã Mackenzie de Kintail.
Tropas espanholas em aliança com revolucionários invadiram o castelo no século XVIII numa tentativa de uma nova revolta jacobita. Tres fragatas da real marinha tomaram o castelo de volta e o demoliu.
Atualmente o castelo pertence ao clã MacRae que no século XX reconstruiu o castelo e hoje é palco para filmes, eventos luxuosos e casamentos.


  • Ilha de Skye
Resultado de imagem para isle skye

De uma paisagem surpreendente, a Ilha de Skye serve de cenário para vários filmes. A ilha é bem rural, com estradas estreitas e ovelhas soltas.

Sua capital é Portree, o maior vilarejo da ilha, que se resume em uma praça e algumas ruas ao redor. Seu comércio tem uma variedade de cafés, restaurantes e lugares para se hospedar.

Os pontos turísticos da Ilha são:


>Old Man of Storr 

Resultado de imagem para Old Man of Storr

Um dos símbolos da ilha, é uma formação rochosa que parece um eremita observando a península. É muito procurado para se fazer trilha e de lá pode-se ver o Sound of Raasay, um tipo de fiorde.



>Kilt Rock e Mealt Falls 

Resultado de imagem para Kilt Rock and Mealt Falls



Mais uma das espetaculares paisagens da Escócia. É penhasco (Kilt Rock) com uma cachoeira de 60 metros que cai no mar (Mealt Falls). O penhasco recebeu esse nome por parecer com um kilt escocês.





>The Quiraing

Resultado de imagem para the quiraing

É formado por vales, montanhas, formações rochosas e lagos. É incrível! Pode-se ir de carro até o topo e de lá se maravilhar com a vista.



>Neist Point Lighthouse 

Resultado de imagem para neist point lighthouse isle of skye


É o farol mais conhecido da Escócia e também o mais bonito. Ele fica no ponto mais ocidental da ilha, na Peninsula Duirinish. É um ótimo local para observar animais marinhos, entre eles baleias, tubarões, golfinhos e aves.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário. Te aguardo novamente.