TOUR HARRY POTTER


A série Harry Potter, como a Disney, é um exemplo de Turismo Literário e Cineturismo, e é composta de sete livros escritos pela autora J. K. Rowling que narram as aventuras de um garoto que não sabia ser bruxo, muito menos um bruxo famoso. Aos 11 anos de idade, após descobrir que pertence a outro mundo, Harry torna-se um estudante da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts e é ali onde a maioria dos eventos da série acontecem, enquanto Harry se desenvolve através da adolescência. 


Cada livro equivale a cerca de um ano de vida do protagonista e seu conteúdo amadurece conforme Harry cresce. O primeiro livro  - Harry Potter e a Pedra Filosofal - foi lançando em 26 de junho de 1997 e teve um sucesso comercial e de popularidade imediato. Até maio de 2015, já haviam sido vendidas 450 milhões de cópias em todo o mundo e sendo traduzida para 73 idiomas. 

A adaptação para o cinema composta por oito filmes feita pela Warner Bros. Pictures se tornou a série cinematográfica mais assistida da história.

Em 1990, J. K. Rowling estava num trem indo de Manchester para Londres quando a ideia para Harry simplesmente surgiu em sua cabeça. Rowling conta sobre a experiência em seu website:

Cquote1.svg
Tenho escrito continuamente desde os seis anos de idade mas nunca estive tão excitada com uma ideia antes. [...] Eu simplesmente sentei e pensei, por quatro horas (trem atrasado), e todos os detalhes borbulharam em meu cérebro e este garoto de óculos e cabelos pretos que não sabia que era um bruxo tornou-se mais e mais real para mim.   Cquote2.svg
J. K. Rowling

  

Naquela noite, a autora começou a escrever seu primeiro romance, e um plano que incluía os enredos de cada uma dos sete livros, além de muita informação biográfica e histórica sobre seus personagens e universo. Os seis anos seguintes, que incluíram o nascimento de sua filha, o divórcio de seu primeiro marido e uma mudança para Portugal, ela continuou a escrever Pedra Filosofal.



Em Londres:


Para os fãs de Harry Potter, Londres é um mundo mágico de possibilidades, onde se pode escolher qual tour fazer entre dois ou fazer todos. Como parte da história se passa na cidade, e diversos trechos da capital britânica serviram de cenário para o filme, criou-se o Tour London Walks Harry Potter, um passeio pela cidade e visita a algumas das locações utilizadas nos filmes da série, por exemplo o caminho que Harry e Hagrid usaram até o Beco Diagonal. Um ator guia o grupo, recria cenas dos longas, conta peculiaridades das gravações e ainda explica um pouco da história de cada um dos locais. Mais detalhes desse tour pode ser visto no site Mapa de Londres.



Na estação de Kings Cross, onde os estudantes de Hogwarts pegam o trem, tem uma parede imitando a plataforma 9 3/4 e ao lado uma loja de souvenir com tudo que aparece nos livros e filmes. A fila para tirar foto é enorme. Eu só consegui tirar a uma porque cheguei muito cedo para pegar o trem para a Escócia.



A Warner Bros Studio London, que fica em Leavesden, a 20 minutos de trem do centro de Londres, criou o tour The Making of Harry Potter, que começa com um vídeo sobre como aquele ambiente marcou a vida de todos os envolvidos no filme, que duraram uma década de gravações.

Entre os sets de filmagens expostos estão o salão principal de Hogwarts, o escritório do professor Dumbledore, a cabana do gigante Hagrid, a sala comunal, a sala de aula onde os alunos aprendiam a fazer poções mágicas e o dormitório dos meninos, que foi usado desde o primeiro filme, que com o passar do tempo, os cinegrafistas tiveram que achar ângulos diferentes para gravar o quarto, já que os meninos cresceram e ficaram maiores do que as camas.

Em alguns cenários, o público é convidado a fazer magia. Basta tocar na varinha mágica para ela fazer alguma ação como passar roupa, cortar cenoura ou tricotar um cachecol. Mas a parte mais interativa da atração é a sala onde os visitantes podem usar uma capa e andar na vassoura mágica de Harry, a Nimbus 2000. Eles ficam em frente a um fundo verde e aprendem como foram criados os efeitos especiais do filme. É o único local da atração onde é proibido tirar fotos, já que os próprios funcionários fazem isso e depois cobram 12 libras pela lembrança.

Os segredos dos bastidores também foram revelados no workshop que explica como foram feitos as animações e o design das criaturas. 

O grande final é a maquete do Castelo de Hogwarts, que foi usado para  gravar  as  cenas exteriores de todos  os filmes da série. Ele foi inspirado na catedral de Durham e  no castelo de Alnwick, ambos na Inglaterra. 86 pessoas ajudaram a construir este castelo de quase 15 metros de diâmetro e possui 2500 lâmpadas de fibra ótica instaladas  para dar a ilusão de que há estudantes passeando pelos corredores.



Eu fui no Castelo de Alnwick e no pátio tive a sensação de que os alunos de Hogwarts iriam aparecer a qualquer momento para terem a aula de como voar em uma vassoura. É uma sensação incrível! 



Como fazer: 

Tour London Walks Harry Potter
Não é necessário reservar lugar ou comprar ingresso com antecedência.
Quando:  Domingo as 14h
                Segunda as 18:30h
Ingresso: Adulto  9 Libras
                De 08 a 15 anos - 3 Libras
                Menor de 08 anos - Grátis
Saída:     Estação Bank (exit 3) na Northerm, Central, Waterloo & City Line.




Warner Bros Studio Londres
Ingresso: Adulto – a partir de 30 libras
                           Até 4 anos - Gratis
                           De 5 a 15 anos - 22,50 libras
                           Família (2 adultos + 2 crianças) - 89 libras

Como Chegar: O estúdio não fica na área central de Londres, mas em uma região bem próxima.  Recomenda-se pegar um trem partindo de Euston para Watford Junction, uma jornada de aproximadamente 20 minutos. Lembre-se: a viagem dura 20 minutos no trem direto. Há opções mais demoradas, com paradas em outras estações. Fique esperto para não se atrasar. De lá, um ônibus especial (cobrado à parte, mas de valor bem reduzido) o levará diretamente para o estúdio. Recomenda-se chegar a Watford Junction no mínimo 45 minutos antes da hora marcada no ingresso. 



         Em Orlando:

O Mundo de Harry Potter fica dentro do Parque Islands of Adventure Orlando na Universal. Suas atrações são baseadas nos livros e desde a sua inauguração em 2010 é o mais procurado de todos os parques de Orlando. 


A entrada é feita pela estação de Hogsmeade e o visitante pode aproveitar a "Dragon Challenger" que são duas montanhas-russas, muito radicais, que se cruzam e que parece que vão bater uma na outra.





Outra montanha-russa é a "Flyght of the Hippogriff" é mais tranquila e é onde o gigante Hagrid convida para se voar em um Hipogrifo e sobrevoar sua cabana e plantação de abóboras. 


Considerado o melhor brinquedo do parque, o "Harry Potter and the Forbidden Journey" é uma réplica do castelo de Hogwarts onde o passeio é feito em um simulador e se visita alguns lugares como a Sala de Devesas Contra as Artes das Trevas, o Salão Comunal da Grifinória e o Escritório do Professor Dumbledore.

O "Harry Potter e a Jornada Proibida" é um passeio de alta tecnologia, em um simulador viaja-se em uma aventura com Harry e se passa no meio de uma partida de quadribol. 

As lojas e restaurantes foram projetados como descritos nos livros. Tem a Dedosmel onde pode-se comprar sapos de chocolates e feijõezinhos de vários sabores. A Varinha Mágica pode ser comprada na Olivaras e na Três Vassouras experimentar a cerveja amanteigada. Na Dervishes & Banges se vende acessórios e itens mágicos como a réplica da Nimbus 2000. 

Depois pode-se pegar o Trem Hogwarts Express e ir para o Parque Universal Studios e visitaro "Beco Diagonal" e o "Harry Potter Scape From Grigotts" que é um simulador multidimensional. 



Como fazer:

Os ingressos podem ser comprados de várias formas: Podem estar incluídos no pacote da viagem, comprados em stands na cidade de orlando, nas bilheterias dos parques ou pela internet. 

2 comentários:

  1. Oi, Marcia! Interessante ver a sua foto 'in loco'...e imaginar-nos dentro da obra e imaginando que, a qualquer hora, possam aparecer os personagens. Belo texto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Renato. O mundo do Harry Potter realmente é fantástico e ao visitar os lugares temos a impressão que vamos encontrar os personagens.
      E que bom que gostou do texto. Fico realmente honrada!

      Excluir

Obrigada pelo seu comentário. Te aguardo novamente.